PF prende candidato a vereador em Morros com dinheiro falso

A Polícia Federal prendeu em flagrante na manhã de hoje (8) uma pessoa na cidade de Morros pela prática do crime de moeda falsa (art. 289, §1º, do Código Penal). Foram apreendidas em seu poder 20 cédulas de R$ 100,00, com características sofisticadas de falsificação.

O conduzido, que já foi candidato a cargo eletivo (não tendo sido eleito), confessou a prática do crime, cuja pena é de até 12 anos de reclusão.

A ação faz parte de fiscalização permanente que a Polícia Federal vem realizando em todos os Estados do Brasil. A relevância de trabalhos desta natureza evita a circulação de cédulas falsas, o que gera inflação e desvalorização da moeda, além dos prejuízos a todos os setores da economia. Nos últimos dois anos a Polícia Federal aprendeu, no país, mais de 20 milhões de reais em cédulas falsas.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Há duas coisas boas para o povo na notícia em pauta:

    - a ação bem-sucedida da polícia que efetuou a prisão;
    - a informação entre parênteses de que o preso havia sido candidato a cargo público mas não foi eleito.

    Imagine um sujeito desse eleito prefeito!!

    ResponderExcluir