Casal é preso por maus-tratos após morte de criança de 6 anos em São Luís

Casal preso.
Um homem identificado como Erivaldo Campelo Marinho e a sua esposa, reconhecida como Patrícia Almeida da Silva, foram presos em flagrante nesse domingo (1º) após serem suspeitos de maus-tratos contra uma criança de apenas seis anos em São Luís. Erivaldo Campelo é o pai biológico da menina.

Segundo a polícia, o casal foi preso na Vila Vitória, região do bairro Cruzeiro de Santa Bárbara, após a menina, conhecida como Helleyne Heloar, ter caído duas vezes, sendo que uma vez foi de uma rede e outra de uma janela. Ela ainda foi levada ao Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), onde ela já estava em estado grave e depois precisou ser transferida uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) móvel até o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), na capital, onde já teria chegado sem vida.

De acordo com a polícia, o acidente aconteceu por volta das 11h desse domingo. Além de Helleyne, haviam outras duas crianças na casa, que são filhos apenas de Patrícia Almeida. O conselheiro tutelar do bairro São Raimundo, Jefferson Sousa, revelou que o médico que atestou vários hematomas pelo corpo da menina. "No laudo que o médico atestou ele relatou uma série de violências, hematomas, queimaduras, múltiplas lesões na criança e após o atestado dele a criança ainda foi transferida para o Socorrão I no leito de UTI, mas infelizmente chegou a óbito".

Após o acidente, Erivaldo Campelo Marinho, Patrícia Almeida da Silva e as duas crianças foram encaminhadas para a Casa da Mulher Brasileira. As crianças tinham ferimentos e cicatrizes pelo corpo. Elas serão entregues aos cuidados de uma tia, que já está ciente sobre o caso. O casal foi preso e pode responder pelo crime de maus tratos.

Do G1 MA.

Postar um comentário

0 Comentários