TikTok removeu mais de 7 milhões de contas de menores de 13 anos no começo de 2021

O TikTok passou a enfrentar processos em diversos países pela presença de menores de 13 anos na plataforma. As regras da rede sociais proíbem perfis de usuários dessa idade, mas isso não impediu que contas desse tipo fossem criadas. Agora, o TikTok divulgou seu relatório de diretrizes da comunidade do primeiro trimestre de 2021 e disse que removeu mais de 7 milhões de perfis de menores de 13 anos.



Nos três primeiros meses do ano 11.149.514 contas irregulares foram excluídas. Dessas, 7.263.952 são de menores de 13 anos no TikTok. A empresa destaca que isso é cerca de 1% do total de perfis ativos na rede social.

TikTok e menores de 13 anos

Segundo o TikTok, uma serie de medidas serão incorporadas para evitar que menores de 13 anos usem o aplicativo. Isso porque em janeiro de 2020, uma menina de 10 anos participou do “Coma Challenge” na plataforma. Na ocasião, a criança italiana estrangulou o pescoço com um cinto para desafiar por quanto tempo ela poderia prender a respiração. Infelizmente, não resistiu e morreu sufocada.

Ainda em janeiro, a Itália anunciou que está proibido temporariamente as contas no aplicativo cuja a idade não pode ser garantida de conseguir acessar o TikTok. Por mais que seja uma rede social popular, o pedido é que haja algum controle, principalmente para as crianças.

O relatório ainda diz que o TikTok removeu 61.951.327 vídeos por violarem as Diretrizes da Comunidade ou Termos de Serviço. 82% desses vídeos foram removidos antes de receberem qualquer visualização, 91% antes de qualquer denúncia e 93% dentro de 24 horas após serem postados. 1.921.900 anúncios foram rejeitados por violarem as políticas e diretrizes de publicidade.

“Para dar mais visibilidade às ações que tomamos para proteger os menores de idade, neste relatório adicionamos o número de contas removidas por pertencerem potencialmente a um menor. Isso se baseia em nosso trabalho anterior de fortalecer as configurações de privacidade padrão para adolescentes, oferecer ferramentas para capacitar pais e famílias, além de limitar recursos como mensagens diretas e transmissão ao vivo para maiores de 16 anos. Para seguir reforçando nossa abordagem para manter o TikTok um lugar seguro para maiores de 13 anos, temos buscado explorar novas tecnologias para ajudar no desafio do setor de garantir a idade dos usuários”, diz o comunicado divulgado pela empresa.

Postar um comentário

0 Comentários