MATA ROMA - Ex-prefeito Bode pode ser alvo de Investigação Criminal e de Ação de Improbidade Administrativa


Durante reunião realizada na manhã desta segunda, 11 de janeiro de 2021, do prefeito Besaliel Albuquerque e equipe de assessores com os servidores municipais de Mata Roma, que não receberam salários de dezembro de 2020, o assessor jurídico do município, o advogado Lourival Soares, falou das dificuldades que a atual gestão vem enfrentando nestes primeiros dias de governo, para pôr a casa em ordem.

Devido à recusa do ex-prefeito José Ivaldo, o Bode e de seus secretários em fazer a transição e entregar documentos e informações importantes para a nova gestão, muitos serviços ainda estão sendo executados de forma precária.

Clique no vídeo para saber mais:


Por não realizar os pagamentos de dezembro, e não apresentar o paradeiro dos recursos, Bode poderá ser alvo de investigação criminal e de Ação de Improbidade Administrativa. 

"Onde está o dinheiro? Em que foi aplicado o dinheiro? Iremos representar junto ao Ministério público, pois isso é crime, por que é coisa pública!" disse o advogado.

Bode já está sendo punido com multa diária de R$ 10 Mil por não atender a uma determinação da Justiça de entregar documentos, descumprindo os trâmites legais da transição. 

Lourival disse ainda, que Bode errou ao nomear excedentes do concurso público em período vedado, após sua derrota nas eleições, e que já existe uma Ação do Ministério Público com objetivo de anular as nomeações feitas neste período.

Postar um comentário

0 Comentários