Condenado por tráfico no MA é preso após usar documento falso para solicitar arma à PF

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (9), a Operação Integração, que investiga um homem condenado por tráfico de drogas, em primeira instância, agora suspeito de uso de documento falso para adquirir uma arma de fogo. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Teresina e Timon, no Maranhão.

De acordo com a polícia, o investigado inseriu uma declaração falsa em documento público e falsificou documentos em um processo de aquisição de arma de fogo protocolado na superintendência da PF na capital piauiense.

O propósito, segundo a PF, era ocultar a situação do investigado, que foi condenado pela Justiça do Maranhão. Conforme a legislação, isso impede a aquisição de arma de fogo. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça do Piauí.

A ação teve participação da Polícia Civil do Piauí e do Maranhão, além do Ministério Público maranhense. 60 policiais e dois membros do MP participaram da operação, cujo nome faz referência ao trabalho conjunto entre as instituições envolvidas na ação policial.

Postar um comentário

0 Comentários