Sindicância contra policiais militares mulheres é suspensa pela Justiça - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

24 de julho de 2020

Sindicância contra policiais militares mulheres é suspensa pela Justiça

A sindicância instaurada pelo Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão para apurar a conduta de policiais militares mulheres foi suspensa.

O pedido da suspensão foi atendido pelo juiz Nelson Melo Morais.

No começo da semana, veio a público um documento onde consta que PM’s mulheres estavam sendo alvo de uma sindicância por usar a farda da corporação em um vídeo publicado no Tiktok.

O caso gerou uma onda de revolta na internet contra um possível abuso e machismo da Polícia Militar maranhense.

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional Maranhão se manifestou sobre o caso a favor das policiais e afirmou que o vídeo não desrespeita a Corporação e deveria ser visto como um avanço, pois demonstra orgulho que as policiais tem da PMMA.

Ao analisar os fatos, o juiz relatou que não existe aparentemente objeto de sindicância no vídeo postado em redes sociais, fatos supostamente contrários ao pundonor militar, como conteúdo com conotação sexual, com nudes ou político, como críticas a ato de superior ou assuntos atinentes a disciplina militar ou qualquer resolução do Governo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário