Suspeito de estuprar deficiente mental no Maranhão é preso no Piauí

O homem identificado como Antônio Francisco Alves de Almeida, conhecido como “Tulica”, foi preso, na terça-feira (09), por policiais civis de São Luís Gonzaga do Maranhão e de Pedro II, no Piauí, em cumprimento a mandado de prisão temporária.
Antônio Almeida é acusado de estupro de vulnerável, crime tipificado no art. 217-A do Código Penal, com pena prevista de 8 a 15 anos de reclusão.
De acordo com a polícia, segundo elementos de informações já reunidos na investigação, Antônio Almeida praticou, no mês de maio deste ano, mediante uso de violência, conjunção carnal com a vítima que, inclusive, sofre de retardo mental.
O crime foi praticado na cidade de São Luís Gonzaga, a 252 km da capital. O investigado foi recambiado para a Unidade Penitenciária de Coroatá, onde aguardará manifestação da Justiça.
Do Blog do Gilberto Lima 

Postar um comentário

0 Comentários