TUTÓIA | Operação conjunta entre polícias resulta na prisão de um homem e apreensão de drogas e veículos - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

8 de fevereiro de 2019

TUTÓIA | Operação conjunta entre polícias resulta na prisão de um homem e apreensão de drogas e veículos

ASCOM 16º BPM

Uma Operação Conjunta entre as Polícias Militar e Civil realizada na tarde desta quarta-feira (06) resultou na prisão de Jorge dos Reis, apreensão de drogas e vários objetos provenientes da venda de ilícitos na cidade de Tutóia.

Diante de informações levantadas pelo Grupo de Serviço Avançado do 16º BPM, no Destacamento Policial Militar de Tutóia, em conjunto com a Polícia Civil daria conta que na residência do conduzido há meses havia uma grande movimentação de pessoas, que segundo informações seria um ponto de vendas de substâncias entorpecentes.



Fato que levou a solicitação de um mandado de busca e apreensão  à residência do acusado, que seguindo o planejamento das forças de segurança, Policia Militar através do comando do 16º Batalhão e Policiais Militares do Destacamento de Tutóia e Polícia Civil de Tutóia diligenciaram no intuito de cumprir o mandado de busca e apreensão na residência de Jorge dos Reis. As equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil obtiveram êxito encontrando drogas, motos furtadas/roubadas dentre outros objetos e retirando mais um infrator do meio da sociedade.

Ao realizar uma busca no local mediante a apresentação de mandado, os policiais encontraram aproximadamente 600 gramas de substâncias semelhante a crack, uma porção de uma substância semelhante a maconha, materiais para o preparo e embalo de drogas, uma balança de precisão, um veículo Toyota Bandeirantes, oito motocicletas, diversas peças de motos,  uma TV (32 polegadas), seis celulares, um notebook, várias facas de diversos modelos, além de uma alta quantia em dinheiro.

A equipe fez a condução do suspeito/proprietário da residência à Delegacia de Polícia Civil da cidade, juntamente com o material encontrado, para serem adotadas as medidas legais cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário