Homens acusados de matar crianças em Santa Inês são presos - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Homens acusados de matar crianças em Santa Inês são presos

Dois homens suspeitos de envolvimento no tiroteio que provocou a morte de duas crianças na noite de segunda-feira (22) que brincavam em uma praça no município de Santa Inês, a 250 km de São Luís, foram presos pela Polícia Militar.
Um dos suspeitos identificado como Leandro foi preso pela polícia logo depois do tiroteio. Na manhã desta terça-feira (23), outro homem conhecido como Alan também foi capturado após ter sido visto andando armado pelas ruas do bairro. De acordo a polícia, ele está em liberdade condicional e foi localizado por meio da tornozeleira eletrônica que está usando.
De acordo com o delegado de Santa Inês, Ederson Martins, o tiroteio aconteceu por vingança de Leandro contra um homem identificado como Raimundo, que teria roubado a casa da avó dele. Por isso ele contratou uma pessoa para cometer o crime. No entanto, a pessoa contratada errou os disparos e acertou as crianças.
“O alvo era um adulto chamado Raimundo. O Leandro era o mentor e o irmão dele, Alan, foi quem comprou as munições. A possível pessoa que efetuou os disparos continua foragida. Já o Raimundo foi preso por porte de arma de fogo aqui na cidade. Ele era mesmo conhecido por roubo e tráfico, mas não tenho comprovação desse roubo na casa da avó de Leandro”, disse o delegado.
O tiroteio aconteceu por volta das 21h dessa segunda-feira (22) nas proximidades da Praça Municipal cantor Evaldo Cardoso, no bairro Vila Adelaide Cabral em Santa Inês. No momento, várias crianças estavam brincando em um parque que fica localizado na praça.
Segundo a polícia, dois veículos estavam circulando pelas ruas do bairro quando um dos carros parou em uma rua próxima a praça e dois homens dispararam em direção a praça. Durante a ação Vitor Gabriel Rodrigues Barros, de 8 anos e Jhoniel Ribeiro Rodrigues de 7 anos, foram baleados na região da barriga. Jhoniel morreu logo após ter sido baleado e Vitor foi levado para o Hospital Regional de Santa Inês, mas acabou falecendo durante a cirurgia para a retirada da bala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário