INFARTO: Tem sido a principal causa para mortes em Anapurus. Saiba porque as pessoas morrem de infarto. - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

quarta-feira, 23 de maio de 2018

INFARTO: Tem sido a principal causa para mortes em Anapurus. Saiba porque as pessoas morrem de infarto.


Resultado de imagem para infarto

O nome técnico é “infarto agudo do miocárdio”, mas a condição é conhecida popularmente como parada ou ataque cardíaco e acontece quando há necrose (morte do tecido) de parte do músculo do coração. Ela é a segunda causa mais comum de mortes por doença no Brasil, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).
Recentemente a cidade de Anapurus - MA, tem se comovido com as varias mortes de vítimas de infartos.
Essa, no entanto, é uma doença que tem feito muitas vítimas, em menos de uma semana morreram quatro pessoas em Anapurus-MA, para exemplificar como a doença tem matado muitas pessoas. 

O porquê tantas pessoas tem infartado em Anapurus?
Esse é um problema que tem afetado não só a população Anapuruense, o brasileiro, mas pessoas de todo o mundo, que é o infarto do miocárdio. Tivemos alguns casos nos últimos 07 dias em Anapurus que não deixaram boas lembranças. O problema do infarto agudo do miocárdio é que ele está sendo muito silencioso ultimamente. É uma doença muito silenciosa e grave, é por isso que sempre orientamos nas consultas rotineiras para evitar e prevenir o máximo possível que a doença aconteça. Quando o paciente apresenta o quadro de infarto agudo do miocárdio o tratamento tem que ser imediato, muito rápido para evitar ao máximo deixar alguma sequela no paciente.

O infarto é causado por qual motivo e tem como prevenir,então?
O infarto é um entupimento total da artéria do coração e, quando obstruiu 100% não passa fluxo sanguíneo que vai para o músculo do coração. E tem como prevenir sim. As consultas rotineiras com cardiologistas são fundamentais e são mais do que obrigatórias. As pessoas precisam se prevenir, tomar cuidado com os fatores de risco, que é a hipertensão, os diabetes, colesterol alto, sempre praticar atividade física e evitar o estresse emocional que, é uma das principais causas do infarto. Então, temos que evitar ao máximo esses fatores de risco para que não desenvolvermos essa patologia.

Alguns médicos dizem que, invariavelmente o paciente sente alguns sintomas, dores, dormência no braço, isso é verdade, e o paciente pode tomar alguma medida para prevenir?
A dor no peito é a mais clássica, mas se discorda em alguns pontos de que o paciente sempre terá essa dor. A dor clássica no peito, como se fosse um aperto, um peso em cima do peito, pode estar irradiando para um, ou os dois braços, assim como para as costas, o pescoço, para nossa mandíbula, também apresenta uma dor no estômago, que nem sempre é gastrite, ou uma úlcera, mas pode ser um infarto. O que temos na literatura é o que chamamos de equivalente anginoso, que é um paciente que está passando por um processo de angina, ou um infarto, só que ele não tem a dor no peito, apresenta outros sintomas, como pode ter um desmaio, uma falta de ar, tonturas, então, a dor precordial, a dor no peito é a clássica, só que nem sempre ele poderá apresentar esse sintoma. O paciente pode sentir uma dor na boca do estomago, na mandíbula, ou na costa.

Alimentos gordurosos, como o churrasco influencia nas doenças do coração?
Influencia bastante. Não que a pessoa não possa comer tudo, mas é que tudo tem o seu limite. A carne vermelha é muito importante no nosso organismo, tem proteína, carboidrato, mas não pode ser consumida em excesso. A carne vermelha tem um componente de gordura muito grande, por isso é importante consumir mais a carne branca.

Existe diferença do infarto para o infarto agudo do miocárdio, ou infarto é infarto?
Isso, infarto é infarto. O infarto é quando a obstrução total, 100% da artéria coronária, então não passa fluxo de sangue nenhum. Agora, dentro das síndromes coronarianas, temos o infarto e as anginas, que é quando temos uma obstrução importante nas coronárias, só que passa um fluxo sanguíneo ainda pequeno, que pode ser até 20%, ainda não entupiu 100%.

Assim como nos casos de derrame, a pessoa também pode ficar com sequelas?
Pode, não com sequelas neurológicas, mas com sequelas cardiológicas. O infarto, como disse, pode dar um déficit no músculo do coração muito grande. Então, o paciente pode desenvolver uma essência cardíaca, alguma outra patologia estrutural no músculo do coração.

Quando o coração acelera sozinho, pode ser começo de infarto?
Nem sempre essas palpitações, essa arritmia cardíaca, pode ser começo de infarto. Mas, em alguns casos, o infarto pode desenvolver uma arritmia cardíaca, que é um sinal. Mas não é só o aceleramento do coração, é preciso estar acompanhado de outra coisa, como suor frio, queda na pressão, uma dor no peito, são alguns sinais que, associados ao quadro da palpitação, pode ser um indicativo de infarto.

O infarto está nos preocupando muito, porque está vindo muito precoce. E, em pacientes jovens, o infarto é bem pior do que em pessoas idosos, que já tem algumas artérias calcificadas, então, o nosso próprio organismo já ajuda o idoso, por que ele já faz uma neovascularização. Ou seja, nas veias do coração que estão com entupimento,o organismo vai fazendo novas artérias, pequenas, alguns ramos que vai fazer com que mande circulação para o coração. Portanto, quando esse paciente tem um infarto, essas novas vascularizações diminuem o impacto no músculo do coração. Já o paciente novo, por não ter tanta calcificação nas artérias, não tem os novos vasos pequenos. Então, quando o infarto chega, obstrui tudo e apresenta sem fluxo algum para o músculo do coração.

Nossa intenção é ajudar na prevenção da terrível doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário