domingo, 7 de maio de 2017

Greve dos Correios chega ao 10º dia e afeta serviços no Maranhão

Os funcionários dos Correios de São Luís, decidiram continuar com a greve por tempo indeterminado. Neste sábado (06), a categoria completa dez dias e cerca de 1.800 trabalhadores, entre carteiros, atendentes, operadores de triagem, e setor administrativo cruzaram os braços.
A paralisação das atividades teve início no dia 26 de abril.
Segundo o presidente do Sindicato dos Correios do Maranhão, Márcio Martins,  as principais reivindicações da categoria, são contra à privatização, contra a suspensão das férias, contra o fechamento das agências e contra a Reforma Previdenciária e Trabalhista. O presidente também questiona sobre as condições de trabalho. “Muitos veículos estão sucateados, falta condições para trabalhar. Reivindicamos também a realização de um concurso público para preenchimento de pelo menos 500 vagas”, afirma Márcio Martins.
Desde o início da greve foram várias tentativas de diálogo no intuito de por fim ao movimento, mas até agora, pouco avançou. A entrega de correspondências é um dos setores mais afetados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário