Depois de ser estuprada, menor diz que presenciou namorado sendo degolado e corpo jogado no rio - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

sábado, 6 de maio de 2017

Depois de ser estuprada, menor diz que presenciou namorado sendo degolado e corpo jogado no rio

Chorando bastante e em estado de choque, a menor de 15 anos que foi estuprada por dois adolescentes do Maranhão na madrugada de ontem, contou em depoimento que foi obrigada a assistir o namorado sendo degolado e o corpo jogado no rio Parnaíba. Ela está grávida de seis meses.

Ao delegado Bruno Ursulino, que investiga o caso, a menor contou que estava passando debaixo de uma ponte que divide as cidades de Uruçui (Piaui) e Benedito Leite (Maranhão), por volta das 1h da madrugada, quando apareceram três adolescentes.
Eles agrediram e amarraram o namorado dela, Flaviano da Silva Marinho, e depois dois deles a estupraram na presença do rapaz. Não satisfeitos, degolaram o namorado e jogaram o corpo ensanguentado no rio Parnaíba.
A menina, que viveu por 1 hora momentos de pânico e terror, disse ao delegado que implorou para que não matassem o namorado dela e antes de ser estuprada falou que estava grávida de seis meses. Mas ainda assim os monstros não se sensibilizaram.
Os três foram apreendidos por policiais do Maranhão e Piauí minutos depois e em poder deles um motocicleta, que pode ser de Flaviano, e outros pertences das vítimas, como celulares. Pescadores encontraram por volta das 10 horas o corpo do jovem boiando nas águas do rio Parnaíba.
Os menores residem em Benedito Leite, no Maranhão,  e são conhecidos pela polícia por causa das passagens por delegacias, sempre cometendo crimes, mas soltos horas depois. O Conselho Tutelar já tratou de acompanhar o caso dos bandidos de menor idade.
Enquanto isso, a família de Flaviano chora a morte do jovem e a adolescente estuprada vive em estado de choque, chorando o tempo inteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário