terça-feira, 4 de abril de 2017

Mundo: Explosão no metrô de São Petersburgo, na Rússia, deixa 14 mortos e cerca de 50 feridos.

Quatorze pessoas morreram e cerca de cinquenta ficaram feridas em uma explosão no metrô de São Petersburgo, na Rússia, informou o Ministério da Saúde.


Equipes de resgate atendem vítimas das explosões nas estações de metrô de São Petersburgo, na Rússia, que deixaram pelo menos dez mortos e 50 feridos
Equipes de resgate atendem vítimas das explosões nas estações de metrô de São Petersburgo, na Rússia, que deixaram pelo menos dez mortos e 50 feridos (Anton Vaganov/Reuters)

De acordo com a imprensa local, a explosão aconteceu em um vagão do trem entre as estações de Sennaya Ploshchad e Tekhnologichesky Institut, na região central, por volta das 14h40 (horário local, 8h40 em Brasília) na segunda-feira (03). Dez ambulâncias foram direcionadas para o local e 25 pessoas foram encaminhadas para hospitais, incluindo uma criança.

Todas as estações de metrô foram fechadas e detalhes da explosão ainda não são conhecidos. Segundo um porta-voz do Comitê Antiterrorismo, um “dispositivo explosivo não identificado” causou o incidente.  Imagens postadas na conta de Twitter de vários usuários mostram a porta do trem destruída, fumaça e pessoas feridas. Forças de segurança russas também encontraram outro dispositivo explosivo em uma terceira estação do metrô de São Petersburgo, Ploshchad Vosstaniya, que foi desativado.

Fotografia mostra vítimas da explosão no chão da plataforma em São Petersburgo, na Rússia  - 03/04/2017

Segundo a agência russa Interfax, o dispositivo que causou a explosão estava dentro de uma pasta que foi colocada no vagão. Câmeras de segurança teriam registrado imagens da pessoa responsável.

Veja.Com

Nenhum comentário:

Postar um comentário