Protesto contra reforma da Previdência e rombo no IPSEMB paralisa BR-222, em Buriticupu - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

quinta-feira, 16 de março de 2017

Protesto contra reforma da Previdência e rombo no IPSEMB paralisa BR-222, em Buriticupu

capa geral
Ao som de gritos de “CADÊ O DINHEIRO QUE ESTAVA AQUI” e “NÃO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA” Servidores públicos, alunos do IFMA e trabalhadores em geral foram às ruas e pacificamente interditaram por algum tempo a BR 222 em Buriticupu na região Oeste do Estado do Maranhão, nessa quarta-feira (15).

Os Trabalhadores liderados pelo SINTEB (Sindicato dos trabalhadores em Educação do Município de Buriticupu), se manifestaram entre outras entidades representativas de classes trabalhadoras de forma bem expressiva, seu repúdio e preocupação com os rumos previdenciários que o Brasil deve tomar caso a Proposta de Emenda Constitucional, PEC 287 seja aprovada pelo Congresso Nacional.

Os Servidores públicos de Buriticupu têm as suas preocupações e desconfianças ainda maiores por motivos peculiares. É que no ano de 2005 o Município criou o IPSEMB, (Instituto de Previdência Própria dos Servidores do Município de Buriticupu), que em tese serviria para assegurar a todos os servidores concursados, sejam pela Câmara Municipal, seja pela Prefeitura as suas aposentadorias e outros benefícios.

A preocupação dos assegurados do IPSEMB se dar porque o Prefeito José Gomes (PRB) se reelegeu sob a suspeita de ter usado o dinheiro do IPSEMB para comprar os votos que garantiu sua permanecia no poder, também não estaria repassando os valores descontados dos funcionários, mesmo tendo parcelado débitos do PATRONAL em 2013.

Em 2015 o IPSEMB passou por uma auditoria feita pelo Ministério da Previdência Social, onde ficou constatado que o rombo estava bem maior do que se imaginava, motivos que levou a POLICIA FEDERAL instaurar inquérito para investigar possíveis desvios, e conforme fontes do Blog JO FERNANDES, já foram intimados a depor os ex- gestores e também os atuais, José Gomes, prefeito municipal e o Sr. Francisco Dias, atual presidente do IPSEMB.

Logo após a confirmação das intimações pela Policia Federal, o Prefeito “mais honesto do mundo” seu Zé Gomes, apresentou à Câmara de vereadores, um Projeto de Lei “meia boca”, onde pede autorização do poder legislativo para parcelar mais uma vez os valores que vêm descontando dos funcionários e não teria repassado para ao IPSEMB e nem para ao INSS, com a aprovação do projeto, o ilustre prefeito pretende jogar a responsabilidade sob as costas dos Vereadores.

Na manifestação de hoje, os servidores, pararam em frente ao sucateado IPSEMB e em ato simbólico literalmente lavaram com água e sabão a “sujeira” que vem sendo acumulada ao longo das gestões, na porta do Palácio Maracajá, sede do executivo municipal enceram os protestos, onde discursaram o Presidente do SINTEB Eliésio, Presidente da Câmara Jairo da Cikel (PRB) e os vereadores Estaniel (PR) Vanusa (PR).

“Gostaria de agradecer nossos companheiros professores, alunos e servidores públicos em geral, por se fazerem presente neste ato público contra a PEC dos golpistas, e dizer que essa briga não é só dos professores, e nem também só dos servidores públicos, mas de toda sociedade brasileira, porque está em risco hoje, o maior sistema de seguridade social do nosso país e ainda, enfatizar nossa preocupação com o nosso Instituto Municipal, o IPSEMB que sofre sérios riscos”. Disse Prof. Eliésio presidente do SINTEB.

Blog do Jo Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário