terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Suspeito de estuprar capitã do Corpo de Bombeiros tem 14 anos, diz polícia


Suspeito de estuprar capitã do Corpo de Bombeiros do Maranhão tem 14 anos, diz polícia (Foto: Reprodução/Câmeras de vigilância)
Suspeito de estuprar capitã tem 14 anos, segundo informou a polícia (Foto:Imagens/Câmeras de vigilância)

Um adolescente de 14 anos é o principal suspeito de ter estuprado uma capitã do Corpo de Bombeiros do Maranhão na madrugada de sexta-feira (10). A polícia continua as buscas para realizar a apreensão do menor que está foragido. A polícia chegou até ele depois de analisar imagens do circuito de vigilância de casas próximas ao local do crime.

Familiares do suspeito já foram ouvidos pela polícia e confirmaram que as imagens captadas pelas câmeras são do filho.  Apesar da pouca idade, o adolescente é suspeito de praticar de assaltos à residência nos bairros Araçagi, Turu, Olho d’Água e área adjacentes.

A capitã de 46 anos foi surpreendida pelo bandido quando saia de casa no bairro Chácara Brasil. 
O menor estava armado e obrigou a oficial do Corpo de Bombeiros a voltar para dentro da residência. O suspeito amarrou a vítima e roubou vários objetos de valor, 
principalmente joias, e uma determinada quantia em dinheiro. Depois a estuprou e fugiu

O caso foi registrado no 7º Distrito Policial, no Turu, mas está sendo investigado pela Delegacia Especial da Mulher, na Beira-Mar, sob o comando da delegada Wanda Moura Leite. A vítima foi submetida a exames periciais no Instituto de Criminalista (Icrim) nessa sexta-feira (10).

A assessoria de comunicação do Governo do Estado informou, por meio de nota, que a Polícia Militar e a Superintendência da Polícia Civil da Capital (SPCC) estão realizando diligências para prender o suspeito e recuperar o material roubado. O Corpo de Bombeiros Marítimo do Maranhão (CBMMA) informou que está prestando toda a assistência à capitã e sua família.

Interdições de IML e Icrim de São Luís foram determinadas em até três dias (Foto: Douglas Júnior/O Estado)Vítima foi submetida a exames periciais ainda na sexta-feira (10) (Foto: Douglas Júnior/O Estado)


Do G1 MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário