Direto da Prisão para a Presidência da Câmara Municipal de Anapurus, relembre a trajetória de Sr. Toinho da Lojinha. - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

sábado, 7 de janeiro de 2017

Direto da Prisão para a Presidência da Câmara Municipal de Anapurus, relembre a trajetória de Sr. Toinho da Lojinha.

Vamos relembrar a trajetória do Sr. Antonio Gomes de Araújo Filho.

O conhecido empresário Antonio Gomes de Araújo Filho, conhecido como Toinho da Lojinha, 
58 anos, o mesmo é conhecido pela população Anapuruense pela má administração de suas empresas, eleito recentemente a presidência da Câmera Municipal de Anapurus terá à difícil missão de administra-la. 

Presodente Toinho da Lojinha

Confira episódios que marcaram a trajetória do Sr. Toinho da Lojinha.

Toinho da Lojinha, foi afetado não só no ramo de comerciante e da politica mas também no mundo do crime.

No ano de 2008, esse homem se candidatou a Prefeito pelo partido (PSDC) saindo derrotado em ultimo lugar, "Sai da Frente deixa o Toinho da Lojinha passar" como era mencionado em suas musicas.

Vale relembrar ainda sobre sua trajetória do ano de 2009, em operação conjunta envolvendo o grupo tático aéreo e as Policias Militares do Maranhão e do Piauí, e a Cico (Comissão Investigadora de Crime Organizado). Teve ação em São Mateus, Buriti e Anapurus, que resultou na prisão de 11 pessoas envolvendo o atual Ilustríssimo Presidente da Câmara, o mesmo foi preso em sua residência em Anapurus e transferido para o presídio de segurança máxima no Estado do Piauí, o atual presidente da câmara na época acusado de formação de quadrilha e considerado um dos Chefes, teria fornecido guarida e celulares para a fuga.

Eleito recentemente a Vereador em Anapurus pelo partido (PV), foi eleito a Presidência da Câmara Municipal de Anapurus a qual hoje é vinculada a imagem do atual Presidente.

Visto que, segundo o Supremo aqueles que figurem como réus em processo-crime no Supremo não podem ocupar cargo cujas atribuições constitucionais incluam como por exemplo, à Presidência de uma Câmara, lembrando o caso nacionalmente conhecido do Presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha, o qual perdeu seu mandato após se tornar réu da operação Lava Jato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário