26 de novembro de 2016

PRF apreende carreta que saiu de Anapurus carregada de carvão vegetal irregular

Na tentativa de fugir do cerco realizado na BR 135 pela PRF a carreta deu uma volta pela Baixada maranhense, mas foi interceptada pelos agentes no desembarque.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal apreenderam na manhã desta sexta-feira, 25, em São Luís a décima segunda grande carga de carvão vegetal irregular realizadas a partir do dia 15 de outubro deste ano até a presente data.
A novidade desta ocorrência é a tentativa dos proprietários das cargas irregulares de burlar a fiscalização da PRF. Vendo o cerco se fechando na BR 135 eles passaram a transportar o “ouro negro” em caminhões e carretas fechadas tipo baú. O carvão é fruto do desmatamento ilegal de mata nativa, o que impossibilita a extração da licença ambiental.
Com o aumento da fiscalização a rota está sendo desviada para a Baixada maranhense sendo a travessia da baía de São Marcos realizada pelo ferry boat. Os policiais operacionais, em ronda pelo acesso da BR 135 no eixo Itaqui – Bacanga, por volta das 9h12min desta sexta feira, 25, conseguiram apreender o carregamento irregular, que viajava sem nenhum tipo de documento fiscal ou ambiental.
A carga estava no baú do FORD/CARGO 2422 de placa AET-9494, condutor de 43 anos. Nele os PRFs encontraram e apreenderam 60 m³ de carvão vegetal. ENQUADRAMENTOS:
enquadrado por COMERCIO ILEGAL DE MADEIRA. Lei da Natureza (Lei 9.605/98) – Art. 46. Receber ou adquirir, para fins comerciais ou industriais, madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem munir-se da via que deverá acompanhar o produto até final beneficiamento: Parágrafo único.

0 Comentários :

Postar um comentário