No governo Roseana incendiado em ônibus recebeu ajuda; com Flávio Dino queimados de Pirapemas estão morrendo - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

No governo Roseana incendiado em ônibus recebeu ajuda; com Flávio Dino queimados de Pirapemas estão morrendo

Márcio Rony durante tratamento em Hospital de Goiânia
Márcio Rony durante tratamento em Hospital de Goiânia

Casos parecidos, mas que tiveram, infelizmente, posições diferentes dos gestores do estado. Trata-se dos dramas vividos por Márcio Rony em 2014 e pela família de Pirapemas em 2016. Ambos foram vítimas de queimaduras graves.
No primeiro caso, o entregador de frangos Márcio Ronny, que teve 72% do corpo queimado ao retirar uma criança de um ônibus em chamas, contou com toda a assistência do governo do estado, na época comandado por Roseana Sarney, para realizar um duro tratamento que ocorre até hoje.
Márcio foi encaminhado dias depois do atentado para o Hospital de Queimaduras de Goiânia (GO). Por lá permaneceu três meses em tratamento e retornou outras várias para acompanhamento com os especialistas. Em todo o período, ele contou com total apoio do governo estadual.
Quatro, das seis vítimas de Pirapemas, morreram no Socorrão II
Quatro, das seis vítimas de Pirapemas, morreram no Socorrão II

Em julho de 2016, um caso brutal ocorreu em Pirapemas-MA. Seis pessoas de uma mesma família foram queimadas por criminosos após um assalto frustrado.
As vítimas foram trazidas para a capital maranhense e internadas no Hospital Clementino Moura (Socorrão II). Do dia do crime até hoje, se passaram vintes dias. Quatro pessoas já vieram a óbito e duas permanecem internadas.
Ocorre que o Socorrão II não há estrutura para tratar de queimados no estagio que se encontravam as vítimas. O governo do estado, nada fez e o resultado da inércia, infelizmente, foi a morte de quatro das seis pessoas.
A postura totalmente diferente tida pelos governo Roseana Sarney e Flávio Dino é a demonstração clara de como a população e a saúde do estado estão sendo administradas. Para o atual governo, deve ser bobagem gastar dinheiro com a transferência de pacientes mesmo que isso posso salvar sua vida.
Voltando ao caso de Márcio Rony, o herói maranhense, como ficou conhecido nacionalmente, hoje sofre com o descaso e abandono do novo governo. Por diversas vezes ele já procurou a imprensa alegando que vem tendo dificuldades para dar continuidade ao tratamento que precisa. É realmente lamentável!
Blog do Luis Pablo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário