Que país é esse? 33 homens estupraram uma menor e nenhum foi preso - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

domingo, 29 de maio de 2016

Que país é esse? 33 homens estupraram uma menor e nenhum foi preso

Abaixo, o leitor verá o vídeo entrevista que a menor deu ao Globo, contando todos os detalhes

A menor de 16 foi na casa do namorado, o jogador de futebol do Boa Vista, time de primeira divisão, Lucas Perdomo Duarte Santos, em uma favela no Rio de Janeiro, no sábado, dia 22 deste. Dois dias depois acordou em outra casa dopada, já tendo sido estuprada por 33 homens, foi filmada e o vídeo jogado na internet.
Pelo vídeo, percebe que ela foi violentada ao ponto das partes íntimas estarem bastante afetadas. Ela revela que olhou, assim que acordou 33 homens armados. Apesar de tudo, nenhum deles foi preso até agora e até mesmo o que confessou ter filmado a menor nua e o namorador jogador, mesmo depois de prestarem depoimentos, continuam soltos.

Raí de Souza admitiu à polícia ter sido responsável por divulgação, na internet, de imagens de adolescente que afirma ter sido vítima de estupro coletivo no Rio (Foto: Daniel Silveira/G1)
Raí de Souza  e outro comparsa (Foto: Daniel Silveira/G1)

O bandido Raí confessou que filmou a menina, mas nega na maior cara de pau o estupro, mesmo confessando que teve relações sexuais com a menor. No vídeo é possível olhar e ouvir ele dizer que por lá passaram 30. “Aonde o trem bala passou”, diz o estuprador ao filmar as partes íntimas dela.
Os delegados que investigam o caso não têm dúvidas de que houve estupro coletivo, mas o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro diz que “faltam mais detalhes” e que, por isso, não foram pedidas as prisões dos 33, dando tempo suficiente para que eles possam fugir.
 O ministro da Justiça, Alexandre Moares, esteve no Rio de Janeiro e garantiu que o crime não ficará impune. A repercussão do caso ganhou o mundo. O presidente interino da República, Michel Temer, anunciou que a Polícia Federal terá agora um departamento para cuidar de violência contra as mulheres.

Adolescente de 16 anos deixa o hospital Souza Aguiar com a mãe após estupro coletivo no Rio (Foto: Gabriel de Paixa/Agência O Globo)
A menor  de 16 anos quando deixava o hospital Souza Aguiar com a mãe  (Foto: Gabriel de Paixa/Agência O Globo)

O Rio de Janeiro registra 13  estupros por dia e só nestes primeiros quatro meses de 2016 aconteceram 1.543 casos. Em todo o país eles chegaram a 47.646 em 2014. Um absurdo.
Abaixo a menor contando como tudo aconteceu:

Nenhum comentário:

Postar um comentário