CRUELDADE: Para se vingar do marido, mãe mata com 9 facadas suas duas filhas - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

quinta-feira, 19 de maio de 2016

CRUELDADE: Para se vingar do marido, mãe mata com 9 facadas suas duas filhas

Uma mulher identificada como Samira Lupidi, 24 anos, assassinou suas duas filhas, Jasmine Weaver, 17 meses e Evelyn Lupidi, 3 anos, a facadas enquanto elas dormiam. O crime ocorreu no centro de refugiados de Bradford, Ingalterra.
O avô das crianças, Peter Weaver, ficou bastante abalado e prestou homenagem às netas, falando sobre elas com um misto de ternura e saudade.
— Nossas vidas (dos parentes) agora estão cheias de tristeza e nossos corações quebrados nunca vão cicatrizar. As meninas eram típicas crianças, sempre querendo brincar e sempre felizes, sem nunca terem feito nada de mal a ninguém
A mãe das crianças, assumiu o homicídio duplo visando também ter a sua pena reduzida. Ela negou estar consciente ao matar as filhas e alegou estar em um estado de privação de consciência no momento do crime.
Samira matou suas filhas enquanto elas dormiam
Samira matou suas filhas enquanto elas dormiam
O júri e o juiz a corte de Bradford, porém, não aceitou a alegação de Samira. O juiz reconheceu que Samira era considerava boa mãe, mas que por causa da raiva que sentia do ex-marido Carl Weaver entrou em uma situação sem saída cometendo o assassinato.
— Este é um crime que fala de raiva e eu dei a sentença com base no crime que você cometeu, você matou por raiva e um desejo de vingança.
A mãe das crianças foi condenada a prisão perpétua, em uma decisão que o júri, formado por seis pessoas, levou 90 minutos para definir.
O pai das crianças, Carl Weaver, 31 anos, ficou totalmente abalado.
Carl Weaver, pai das crianças ficou totalmente abalado
Carl Weaver, pai das crianças ficou totalmente abalado
Na conclusão do júri, Samira se equivocou ao acreditar que o ex-marido praticava maus-tratos contra ela e que por uma ilusão de que ele era violento, a mulher ultrapassou todos os limites e realizou uma vingança.
A homenagem feito pelo avô das crianças foi ler uma mensagem assinada por toda a família.
— Você matou as coisas que você amou por causa de uma raiva temporária, o que terá consequências eternas e desastrosas para você. Eu acredito que você matou essas crianças em um espasmo de violência desencadeada por um fim de semana de discussões violentas. Mesmo uma semana depois você continuou dizendo para a equipe médica da prisão que a coisa mais importante era que Carl Weaver estava sofrendo.
O avô ainda continuou descrevendo a brutalidade que marcará para sempre a sua vida e de toda a família:
— Você tinha formado uma crença ilusória de que estava em perigo de ser morta e que seria abandonada e não veria as filhas de novo.
Ambas as meninas,  Jasmine e Evelyn, foram encontradas em suas camas, cada um com nove facadas no peito. E com essa cena atroz na cabeça, o vô Peter encerrou seu relato. Não havia mais palavras. Só dor. Uma eterna dor. E um desejo imenso de mudar o mundo fazendo somente o bem para o próximo, em nome das duas netas
O crime ocorreu em novembro do ano passado.
Avô leu carta de toda família
Avô leu carta de toda família
Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário