CONFIRMADO: após França, grupo terrorista Daesh ameaça atacar o Brasil - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

sexta-feira, 15 de abril de 2016

CONFIRMADO: após França, grupo terrorista Daesh ameaça atacar o Brasil


Militantes da organização extremista Daesh
Militantes da organização extremista Daesh
A coisa está feia para o Brasil! O terrorista francês Maxime Hauchard, que faz parte do comando de decapitadores da organização extremista Daesh, ameaçou realizar um ataque ao nosso país, segundo informou Agência Brasileira de Inteligência (Abin).
Embora a ameaça tenha sido feita em novembro, só agora as autoridades brasileiras confirmaram a autenticidade da publicação, divulgada através do Twitter pessoal do jihadista poucos dias depois do atentado que provocou a morte de 129 pessoas na França, com os dizeres “Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse país de merda”.
“Monitoramos e percebemos que o perfil realmente era do Maxime, um dos líderes do Estado Islâmico. A partir do momento da postagem houve uma maior intensidade nos discursos de agressividade dos autoproclamados seguidores do grupo terrorista no Brasil”, disse na última quarta-feira o diretor de Contraterrorismo da Abin, Luiz
Alberto Sallaberry, em participação na Feira Internacional de Segurança, que está sendo realizada no Rio de Janeiro.
De acordo com o diretor, Hauchard, um jovem de apenas 22 anos, é uma espécie de garoto-propaganda do Daesh. Ele teria deixado o seu país há quatro anos para se juntar aos terroristas na Síria.
Segundo Sallaberry, hoje há um número cada vez maior de pessoas no Brasil prometendo fidelidade ao grupo terrorista. A principal preocupação são os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, em agosto e setembro, quando o país receberá um contingente de milhares de pessoas de todas as partes do mundo.
Para prevenir ataques, a agência de inteligência vem monitorando constantemente atividades suspeitas nas redes sociais, intensificou cursos de segurança com trabalhadores do setor de turismo, taxistas e serviços em geral e está cooperando com forças estrangeiras e nacionais.
As informações são da Sputniknews
Veja também em Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário