Policial militar é baleado por colegas após ser confundido com suspeito,em São Luís - Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Policial militar é baleado por colegas após ser confundido com suspeito,em São Luís

Caso ocorreu no Maiobão e foi confirmado apenas nesta quinta (19).
PM ferido segue internado em hospital de São Luís. 


Do G1 MA

Um cabo da Polícia Militar do Maranhão foi baleado por homens do serviço de inteligência da PM na rodovia estadual MA-201 (estrada de Ribamar) na noite de quarta-feira (18). Ele foi confundido com suspeito de assalto durante operação na região, quando acabou ferido.

Vítimas sentadas no chão aguardando atendimento médico (Foto: Divulgação / Whatsapp)
A confusão teria ocorrido após os agentes do Grupo de Serviço Avançado (GSA) terem recebido informações de que um veículo suspeito transitava no final da Avenida 1 do bairro Maiobão, bairro da região metropolitana de São Luís.

O cabo Roberto Allan estava voltando da faculdade com dois amigos, quando acabou sendo confundido e abordado pelo carro descaracterizado dos policiais do GSA. Na perseguição, o veículo do cabo acabou capotando depois de ser atingido por alguns disparos.

Segundo o comandante da Companhia de Policiamento Metropolitano (CPM2) da PM, coronel Vieira Aquino, o cabo não atendeu a ordem de parada feita pelos agentes do Grupo de Serviço Avançado (GSA) e ainda teria efetuado disparos, o que ocasionou a reação dos policiais e o capotamento do carro do cabo Roberto Allan.

O vídeo acima mostra o momento em que o cabo e outras duas pessoas estão sendo atendidas por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Dois deles foram encaminhados a um hospital e dois deles liberados, após atendimento médico.

Roberto Allan levou dois tiros nas pernas e está internado no Hospital do Servidor, na Cidade Operária.

G1 solicitou a Secretaria de Saúde informações sobre o estado de saúde do policial, mas até a publicação desta matéria não houve resposta. Em nota, a Secretaria de Comunicação do governo do Maranhão disse que os tiros foram disparados para forçar a parada do veículo.

Confira a íntegra da nota abaixo:

NOTA

A Polícia Militar esclarece que os três ocupantes do veículo que capotou na noite da última quarta-feira (18), foram socorridos e encaminhados a um hospital e dois deles liberados, após atendimento médico.

A PMMA informa, ainda, que equipes do Serviço de Inteligência, ao avistarem um veículo transitando na estrada de Ribamar deu ordem de parada o que foi desobedecido pelos ocupantes. Durante a perseguição a fim de forçar a parada do carro foram efetuados disparos no pneu. Ainda em movimento, o veículo capotou.

A PMMA informa que logo foi constatado que o ocupante era um policial militar foi esclarecido que os ocupantes haviam se assustado durante a abordagem por acreditar ser um assalto.
A PMMA esclarece, por fim, que desconhece a informação de que os policiais militares tenham efetuado disparos a queima roupa nos ocupantes do veículo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário