Blog da Rayssa Araújo | Notícias de Anapurus e Região

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Assaltantes roubam R$ 9 mil dos Correios de Barreirinhas e são presos na saída da cidade

setembro 21, 2018 0 Comentários
Quatro acusados de assaltar os Correios de Barreirinhas foram presos, nesta quarta-feira (19), quando tentavam sair da cidade com cerca de R$ 9 mil roubados da agência.

Segundo informações da Polícia Civil, o assalto aconteceu por volta de 11h, quando dois criminosos entraram na agência, baixaram as portas e deram voz de assalto. A polícia foi acionada e ficou fazendo campana, aguardando a hora certa de agir.
Os bandidos foram identificados como Creon Rosa Silva, de 51 anos, Residente na Rua Fé em Deus, no bairro São Cristóvão, em São Luís; José Alberto Soares Araújo, de 46 anos, residente na Rua 03, no Residencial Tiradentes, em São Luís; Gilberto Garcia Oliveira, de 37 anos, residente na Rua Duvalina, s/n, no bairro Fomento, em Pinheiro;Wemerson Martins Alves, de 23 anos, residente no povoado São Benedito, em Igarapé do Meio. A prisão dos assaltantes ocorreu na Avenida Rodoviária, próximo ao posto de combustíveis Luciana.
Com os assaltantes, os policiais apreenderam R$ 8.995,00 em espécie; um revólver calibre 38; seis munições calibre 38, intactas; um veículo Fiat/Doblô, cor prata, placa PUQ 6993; cinco celulares Samsung Galaxy J7, J5 e J2, novos e nas caixas; dois celulares Samsung Gran prime; um celular moto G, duos; um celular Nokia Lumia; um relógio dourado, marca orient; e um aparelho DVR, que armazena as imagens do videomonitoramento da agência dos correios, assaltada.
Segundo relatos da PM, por volta de 11h a guarnição de serviço recebeu informações de um possível assalto na agência dos Correios. Por volta das 12h, a agência fechou as portas. Logo em seguida, dois homens suspenderam as mesmas, e saíram à pé, em atitudes suspeitas, embarcando no veículo que se encontrava a 300 metros do local da ação criminosa. Os outros dois assaltantes aguardavam os comparsas para empreenderem fuga. 
As guarnições da PM/BPTur e PC fizeram o acompanhamento tático. Após cerca de 2 km conseguiram interceptar o veículo. Os quatro suspeitos foram revistados, sendo que no interior do veículo foi encontrado todo o material apreendido.

Os conduzidos foram apresentados na Delegacia Regional de Barreirinhas, sem lesões corporais, juntamente com todo o material apreendido, onde foram autuados em flagrante.

Viúvas de ex-governadores do Maranhão recebem pensão de até R$ 30 mil por mês

setembro 21, 2018 0 Comentários

Terezinha Rocha, Isabel Cafeteira, Gardênia Gonçalves, Zenira Fiquene, Dra. Clay Lago e Eney Santana.
Ao menos 46 viúvas e uma filha de ex-governadores recebem pensões pagas pelos Estados, incluindo o Maranhão. Para garantir o benefício, 13 unidades da federação desembolsam R$ 1.036.917,22, somados, todos os meses. Por ano, considerando o 13º, os gastos ultrapassam R$ 13 milhões.
jornalista Fernando Mellis, do portal  R7 localizou os nomes das viúvas nos portais da transparência ou junto aos governos estaduais. Em alguns casos, as mulheres têm direito a receber pensão de políticos que chefiaram o Executivo estadual por alguns dias ou meses.
Em segundo lugar na lista de Estados que mais gastam com pensões a viúvas está o Maranhão, que perde apenas para o Acre. São R$ 182.826,66 mensais e seis mulheres que recebem R$ 30.471,11.
As viúvas Terezinha Rocha, do ex-governador Luís Rocha (1983-1987) e Maria Isabel Cafeteira, mulher de Epitácio Cafeteira (1987-1990) ainda recebem pensões adicionais de R$ 6.583,78, porque os maridos foram deputado e senador, respectivamente.
Antonio Dino governou o Maranhão de maio de 1970 a março de 1971. Morreu em 1976 e a esposa dele, Dona Enilde Dino, recebe até hoje. Eney Santana, viúva do ex-governador Pedro Neiva (1971 – 1975).
Outras pensionistas são Gardênia Gonçalves mulher de João Castelo (1979-1982) e Dra. Clay Lago, viúva de Jackson Lago (2007-2009) e Zenira Fiquene, viúva de Ribamar Fiquene (1994-1995). O pagamento da pensão continua em vigor no Maranhão.

Presos fogem de Complexo Penitenciário em Pedrinhas, em São Luís

setembro 21, 2018 0 Comentários

Victor Lucci (à direita) e Ildomarques Lopes (à direita) fugiram da UPSL 5 nesta quarta-feira (19) — Foto: Divulgação

A Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 5 (UPSL 5) registrou duas fugas por volta das 11h desta quarta-feira (19). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Ildomarques Lopes Conceição, de 21 anos; e Victor Lucci Costa da Silva, de 30 anos, conseguiram fugir pela parte de trás do complexo penitenciário.

Ambos estavam presos desde 2016. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) disse que iniciou os procedimentos administrativos na Corregedoria do Sistema Penitenciário do Maranhão e Polícia Civil para apurar a fuga dos internos que trabalhavam em uma das fábricas de blocos de concreto do Complexo Penitenciário São Luís.

Em nota, a Sejap disse ainda que uma equipe de segurança interna prisional foi mobilizada. A ocorrência foi comunicada ao 12º Distrito Policial (Pedrinhas), que iniciou a tomada de depoimentos do servidor penitenciário responsável pela vigilância imediata, a fim de esclarecer e responsabilizar, conforme a lei vigente.

Em Chapadinha, ajudante de pedreiro é morto suspeito de estrangulamento

setembro 21, 2018 0 Comentários

Ao realizar o exame cadavérico, o Perito da Polícia Civil, 
Dr. Josué Portela, constatou que Dailton teve 
o pescoço quebrado por estrangulamento.
Ontem (20) por volta das 08h00 um jovem identificado como Dailton da Conceição, que supostamente teve um mau súbito enquanto estava realizando serviços de ajudante de pedreiro no bairro José de Sousa Almeida (Mil Casas) em Chapadinha, o Jovem foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros que ao chegarem ao   local tentaram a reanimação do mesmo, que pouco tempo depois não resistiu e veio a óbito. Informações repassadas ao Redator deste Blog informam que  o Perito da Policia Civil Dr. Josué Portela, após realizar o exame cadavérico, constatou que Dailton teve o pescoço quebrado por estrangulamento. 

Após a constatação do homicídio pelo perito Dr. Josué Portela, os Policiais Civis que atenderam a ocorrência já estão em diligências na busca de informações sobre a possível autoria deste homicídio, já há uma pessoa suspeita de ter cometido o assassinato, ha qualquer momento maiores informações.


Fonte: Blog sala vip

Tribunal Superior Eleitoral alerta: anotar número de candidato ao assinar na votação pode levar à prisão

setembro 21, 2018 0 Comentários
Circulou no FacebookTwitter e Whatsapp um vídeo gravado por um vereador da cidade de Panorama, no interior de São Paulo, sugerindo aos eleitores de Jair Bolsonaro incluir o número do candidato à Presidência do PSL após a assinatura do nome no dia da votação. Segundo Edemir Vermelho (PSDB), apoiador do deputado, seria uma forma de confrontar os votos computados na urna eletrônica. Logo, outras pessoas desmentiram a informação e alertaram que isso poderia levar à anulação dos votos. Em nota, o Tribunal Superior Eleitoral  (TSE) esclareceu que a atitude pode até levar à prisão.

No vídeo, o vereador afirma: "É bem simples. Qualquer um consegue controlar o seu voto. Nós temos que votar. Vamos na zona eleitoral, pegamos o caderno, damos o nosso título e nós temos que assinar o livro. É simples acrescenta (o número do candidato) na sua assinatura."

A mesma mensagem circulou no Whatsapp: !URGENTE E MUITO IMPORTANTE! Sabe aquele caderno que a gente assina antes de votar e que eles destacam dele nosso comprovante de votação? É o caderno de registro de votação. Pois então! Escrevam o número do candidato na frente da sua assinatura naquele caderno, pois ele é um documento que registra quem votou e quem não compareceu e pode servir de prova caso haja alguma fraude, pois ele fica arquivado durante um tempo! Repassem isso urgente! Essa ideia precisa rodar o Brasil inteiro até o dia da eleição!"

A advogada Janaína Paschoal (PSL), candidata a deputada estadual em São Paulo, alertou que isso poderia prejudicar Bolsonaro. O mesmo foi feito por outros apoiadores.

Ao Comprova, o TSE afirmou que a inclusão de informações como o número do candidato pode configurar crime eleitoral passível de reclusão e multa. Está previsto no artigo 350 do Código Eleitoral: "omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir declaração falsa ou diversa da que deveria ser escrita para fins eleitorais prevê pena de até cinco anos de reclusão e de 5 a 15 dias multa, se o documento é público".

Segundo o TSE, "esse recurso jamais poderá ser utilizado como meio de recontagem de votos, pois o voto que conta é o da urna eletrônica. Ademais, o voto é secreto".

O vídeo original foi retirado do ar pelo vereador. Vermelho publicou uma nova gravação se corrigindo, mas também a excluiu. No Youtube, foram mais de 2 mil visualizações. No Twitter, o tuíte de Janaína tinha mais de 9 mil curtidas até a última quarta-feira (19).

Enganoso

O TSE alerta que incluir número do candidato na assinatura ao votar pode levar à prisão e não permite confrontar os votos da urna.

Projeto Comprova

Este texto foi originalmente publicado no site do Projeto Comprova. A evidência foi checada pelo veículo parceiro BandNews FM.

O Comprova é um projeto que reúne jornalistas de 24 diferentes veículos de comunicação brasileiros, incluindo GaúchaZH, para descobrir e investigar informações enganosas, inventadas e deliberadamente falsas durante a campanha presidencial de 2018.

Fósseis de 113 milhões de anos são encontrados em Presidente Dutra, no Maranhão

setembro 21, 2018 0 Comentários
Fósseis de 113 milhões de anos foram descobertos no município de Presidente Dutra, a 350 km de São Luís. Um professor da cidade encontrou os fósseis e entrou em contato com pesquisadores em São Luís. Foi encontrado em uma rocha o esqueleto de uma espécie de peixe da época dos dinossauros, segundo os pesquisadores.
 
Também foi achado um crustáceo que recebeu o nome de codo isópode brejense em homenagem a região onde foi achado. A descoberta vai ajudar os pesquisadores a entender melhor como se deu a formação de um grande lago que ficava em um território que cobria de leste a oeste do Maranhão.
“Estudos indicam, pela destruição das rochas sedimentares que um dia se formaram nesse lago, que esse antigo ecossistema tinha uma dimensão regional e até intercontinental. Dominava quase todo o nordeste, centro-norte do Maranhão e parte do oeste da África”, declarou Rafael Lindoso, doutor em paleontologia do Instituto Federal do Maranhão.

Desde 2010 são encontrados fósseis de várias espécies de peixes e crustáceos nos municípios de Brejo, Codó e Presidente Dutra. De acordo com o paleontólogo Manuel Medeiros, esse achado mais recente significa um grande avanço nos estudos arqueológicos de espécies e da formação do continente americano.
“Nessas últimas décadas os achados no Maranhão têm colocado o estado em uma posição privilegiada quando você resgata informações que estão na história dos continentes do hemisfério sul. Então essa época que está registrada por esse lago faz parte de um conjunto maior de ocorrências que documenta a separação da América do Sul com o a África. Esse é um episódio extremamente importante para história do próprio planeta”, contou o pesquisador.
Por enquanto, todas as novidades serão objeto de estudo dos pesquisadores e ainda não fazem parte da exposição permanente do Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão. O acervo deve ajudar pesquisadores na identificação de novas espécies e outras descobertas da história.
 
"Agente vem fazendo o nosso papel no sentido de deixar disponível essas informações novas para a comunidade científica para que tome posição desse conjunto muito maior de informações importantes que contam a história do Brasil, do Maranhão e da terra”, comentou o paleontólogo Manuel Medeiros.
 

G1 MA